II Seminário Phytus é aberto com palestra do PhD. José Carlos Verle

Publicado em 6 de julho de 2017

Foi sob os olhares de uma plateia atenta que foi dada a largada para a segunda edição do Seminário Phytus, desta vez realizado em Porto Alegre/RS.

A cerimônia de abertura foi marcada pela fala da diretora geral do Instituto Phytus, Clarice Balardin. De acordo com a diretora, este é um grande momento para o Instituto Phytus, que se consolidou como uma das empresas de pesquisas mais inovadoras na área. Clarice lembrou ainda do projeto AgriSchool, que será lançado durante o seminário e traz um formato inovador de aprendizado junto ao Grupo A.

O início do programa de palestras foi marcado pela apresentação do pesquisador da Universidade de Porto Rico, José Carlos Verle. O PhD., que é doutor em Energia Nuclear na Agricultura pela USP, apresentou dados sobre os riscos da agricultura intensiva em clima tropical. Ele destacou seu trabalho na estação experimental de Porto Rico, onde é possível ter um posicionamento estratégico para prever a entrada de pragas e doenças ao continente americano.
De acordo com o pesquisador, a busca por informações técnicas para manter um manejo sustentável é crucial. “E isso só se faz preparando-se para a prevenção”, destacou Verle. O pesquisador ainda enfatizou a importância de empreendedores na área, para que se possa pensar e produzir de maneira diferenciada.