Institucional

O Instituto Phytus é uma organização que atua há 16 anos na geração e compartilhamento de conhecimento para o Agronegócio. Ao longo de sua trajetória construiu uma sólida estrutura de trabalho, sendo hoje formado por três núcleos: Pesquisa, Ensino e Comunicação.

Sempre em busca de novas tecnologias e metodologias de trabalho, seus núcleos planejam e realizam ações de forma integrada. Seus serviços são dirigidos aos diversos segmentos do Agronegócio e, por isso, desenvolve projetos customizados para cada cliente. Tudo com a criatividade e a dedicação que soluções inovadoras merecem, visando cultivar excelentes resultados.

Histórico

Fundado em 1999, sob o nome de C&R Assessorias Ltda., o atual Instituto Phytus surgiu da necessidade de desenvolver mecanismos mais eficientes para a geração e transferência de informação para os públicos do agronegócio.

Em 2008, passou a ofertar treinamentos in company, constituindo o Núcleo de Ensino. Já em 2011, foi criado o Núcleo de Comunicação, destinado a atender as demandas de comunicação e desenvolvimento de tecnologias da informação para o grupo.

Hoje, com 16 anos de experiência, uma equipe multidisciplinar garante a qualidade e credibilidade das informações geradas e a eficiência dos serviços prestados pelos três núcleos, visando a excelência e a satisfação de nosso cliente final.

Missão

Gerar e transferir conhecimento por meio de soluções inovadoras realizadas com a integração sustentável entre Pesquisa, Ensino e Comunicação.

Valores
  • Comprometimento
  • Inovação
  • Integração
  • Sinergia
  • Sustentabilidade
Histórico
1999
• Fundação da C&R Assessoria em Itaara/RS, primeira empresa do Instituto Phytus.
2000
• Identificação de posicionamento do uso de Estrubilurinas + Triazóis na cultura da soja.
2001
• Início da pesquisa sobre a ferrugem asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi), em campo e casa de vegetação.
2003
• Obtenção de resultados inéditos de manipulação “in vitro” de Phakopsora pachyrhizi e participação direta nas primeiras epidemias de ferrugem (BA e RS).
2004
• Planejamento e condução do Projeto Syntinela (parcelas armadilha para ferrugem).
• Início do programa de pesquisa em Tecnologia de Aplicação.
2005
• Identificação da primeira evidência da Síndrome da Morte Súbita em soja, com transmissão via semente.
2006
• Desenvolvimento de estudos sobre a influência do arranjo de plantas no controle de doenças em soja.
2007
• Realização de projetos em conjunto no RS e MT.
2008
• Obtenção do credenciamento pelo MAPA da Estação Experimental de Itaara/RS para pesquisas na área de Fitopatologia.
• Recomendação para antecipação das aplicações para o período vegetativo em soja: controle de mancha alvo, antracnose e mela.
• Constituição do Núcleo de Ensino do Instituto Phytus.
2009
• Início da primeira turma de Pós-Graduação in company em Proteção de Cultivos.
• Criação do Linkage, a rede do conhecimento.
2010
• Obtenção do credenciamento pelo MAPA da Estação Experimental de Itaara/RS para pesquisas nas áreas de Entomologia e Herbologia.
2011

• Fundação da Estação Experimental em Planaltina/DF.
• Constituição do Núcleo de Comunicação do Instituto Phytus.
2012
• Início de trabalhos nas áreas de Nematologia, Proteção de Sementes e Microbiologia.
• Criação do Clube Phytus.
• Início do desenvolvimento de aplicativos mobile.
2013
• Identificações de riscos e posicionamento correto de Estrubilurinas + Carboxamida na cultura da soja.
• Início das Atualizações Phytus.
• Início de trabalhos na área de Nutrição Vegetal.
2014
• Obtenção do credenciamento pelo MAPA da Estação Experimental de Planaltina/DF para pesquisas nas áreas de Fitopatologia, Entomologia e Herbologia.
• Expansão de áreas experimentais no Rio Grande do Sul.
• Início de trabalhos na área de Biotecnologia.
Equipe

Diretora Geral: M.Sc. Clarice Rubin Balardin

Gerente Administrativa: Martha Alves

Coordenadora de Fitopatologia/RS: Dra. Mônica Debortoli

Coordenador de Fitopatologia/DF: M.Sc. Nédio Rodrigo Tormen

Coordenadora de Microbiologia e Proteção de Sementes: Dra. Caroline Gulart

Coordenador de Entomologia/RS e DF: Dr. Juliano Ricardo Farias

Coordenador de Herbologia: PhD. Rafael Munhoz Pedroso

Coordenadora da Unidade de Garantia da Qualidade: M.Sc. Carla do Amaral Siqueira

Coordenador de Nematologia: M.Sc. Paulo Sergio Santos

Coordenador de Tecnologia de Aplicação: Dr. Marcelo Madalosso

Colaborador Ad hoc Fitopatologia: PhD.: Ricardo Balardin

Gerente Técnico de Ensino: Dr. Marcelo Gripa Madalosso

Coordenadora de Ensino a Distância: Graziele Stefanno

Coordenador de Comunicação: Samuel Lammel

Atendimento e Planejamento de Comunicação: Juliana Kraide

Gerente de Tecnologia da Informação: Ricardo Mânica