Confira neste resumo, algumas diferenças entre os termos que ainda geram dúvidas em muitos profissionais da área.

O que é Fitossanidade?

A fitossanidade é um conceito utilizado para classificar a proteção de plantas ao ataque de pragas e doenças que atingem sua saúde. Ele foi criado no início do século XX, antes mesmo do desenvolvimento das primeiras técnicas para solucionar e prevenir essas condições prejudiciais para a lavoura.

Como a fitossanidade é útil para a Agronomia?

Ao compreender que a fitossanidade está relacionada com a proteção das plantas ao ataque de pragas e doenças, fica fácil entender seu papel na rotina do produtor rural e dos pesquisadores e estudiosos nessa área. Graças à fitossanidade é que várias tecnologias e tratamentos foram desenvolvidos para aumentar a rentabilidade e o tempo de vida das diferentes plantações espalhadas pelo mundo, tornando a relação entre o homem e os produtos agrícolas ainda mais satisfatório.

Como usar as técnicas de fitossanidade?

Para usar corretamente as técnicas de fitossanidade é preciso, primeiramente, contar com um especialista – como um engenheiro agrícola ou um agricultor – para estudar as melhores alternativas para o seu tipo de lavoura. Conhecendo as características da plantação é possível escolher o tratamento certo para proteger a saúde das plantas – e trazer os melhores resultados.

O que é Fitopatologia?

Fitossanidade em soja
Fitossanidade em soja: ferrugem

A fitopatologia é a ciência que estuda todas as doenças relacionadas com as plantas e vegetais, provocadas por espécies como vírus, fungos, bactérias, insetos, fungos, mamíferos, aves e quaisquer outros animais que usam a plantação como fonte de nutrição própria. Os fatores climáticos também podem ser estudados como possíveis responsáveis pelo desenvolvimento de doenças em lavouras.

Como a fitopatologia é útil para a Agronomia?

O conhecimento da manifestação das doenças é essencial para que os produtores agrícolas saibam se prevenir e até mesmo tratar as doenças que são diagnosticadas em plantações de pequeno, médio e grande porte. Sem o estudo da fitopatologia não seria possível proteger e tratar o desenvolvimento de qualquer tipo de alteração na saúde das plantas que estão sendo cultivadas em um determinado espaço.

Para quê servem os estudos de fitopatologia?

O estudo da fitopatologia serve para o engenheiro ou produtor rural desenvolver estratégias de prevenção e tratamento para sua lavoura.

Fitopatologia Phytus
Pesquisa em Fitopatologia Phytus: Doença em soja

Instituto Phytus
Últimos posts por Instituto Phytus (exibir todos)